TRAGÉDIA: bebedeira em família termina com sogro morto e sogra ferida a tiros pelo genro no interior do Acre

Silvestre Souza de Oliveira, de 46 anos, foi morto a tiros e Francisca Aguilhera, de 55 anos, ficou ferida por quatro disparos de arma de fogo, na madrugada deste domingo (8), no km 20 da BR-317, entrando mais 30 km pelo Ramal da Prata, na zona rural do município de Epitaciolândia, no interior do Acre.

Segundo informações da polícia, estava acontecendo uma bebedeira entre membros da mesma família, quando acabou ocorrendo um desentendimento entre eles e, com os ânimos mais alterado, Silvestre pegou uma faca e tentou matar o genro que ainda não foi identificado.

Silvestre tentou se aproximar do acusado, na tentativa de desferir os golpes de faca, mas o genro que estava de posse de uma arma de fogo e disparou várias vezes contra o sogro, que morreu na hora. Em seguida, o genro foi até Francisca e efetuou mais quatro disparos na sogra, que feriram a mulher nas pernas. Após a ação, o criminoso fugiu do local por uma área de mata.

Vizinhos do casal entraram em contato com a Polícia Civil, que foi até a fazenda onde confirmou e colheu informações sobre o crime. Francisca foi socorrida e levada até o Hospital Raimundo Chaar, em Brasiléia.

A área foi isolada para o trabalho da perícia criminal. Após os procedimentos de perícia, o corpo de Silvestre foi removido por agentes do Instituto Médico Legal (IML) em Rio Branco, onde passará por exames cadavéricos.

A Polícia Civil do município de Epitaciolândia, comandada pelo delegado José Luiz Tonini, realizou diligências pela região, mas confirmou que o acusado de efetuar o crime fugiu para o lado boliviano, tendo em vista que a fazenda fica próximo à Bolívia.

A vítima, Francisca Aguilhera, 55 anos, pode chegar a ser transferida para Rio Branco para receber atendimento mais especializado, devido a gravidade das lesões provadas pelos disparos.

O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil de Epitaciolândia.

FONTEContilnet
COMPARTILHAR