Lei e Ordem: Polícia Civil prende homem envolvido em roubo de loja de celular em Mâncio Lima

Nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 01, a Polícia Civil no município de Mâncio Lima, coordenada pela autoridade Policial, José Obetânio, prendeu I.C.N., 23 anos, suspeito de ter participado de um roubo, ocorrido em uma loja de celular no ano passado no Centro de Mâncio Lima.

Insta salientar que esta prisão ocorreu na cidade de Cruzeiro do Sul pelo delegado e seus agentes. De acordo com José Obetânio, o homem preso nesta manhã é membro de uma organização criminosa e está sendo investigado pela participação de outros crimes ocorridos na região do Juruá.

“No mundo do crime, ele tinha a alcunha de “imprevisível”, porém, ele só não previa que a Polícia Civil iria lhe ofertar uma temporada no “hotel fazenda Manoel Neri”, em Cruzeiro do Sul”, disse o delegado.

O homem pode ter a pena agravada peja justiça por ter agido na companhia de outra pessoa e ter empregado arma de fogo na ação criminosa. O crime assombrou clientes e trabalhadores da loja de celular pela ousadia dos bandidos, que agiram em plena luz do dia e diante das câmeras de vigilância do estabelecimento comercial.

Ressalte-se que nos últimos cinco dias, essa é a quarta prisão de membro de organização criminosa capturado pela Polícia Civil em Mâncio Lima, que cumpre as diretrizes da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), no que tange à coerção e prevenção de crimes graves que afetam paz social.

“Os trabalhos vão continuar de forma intensa, pois a palavra de ordem é: ‘escreveu e não leu, o pau comeu’. Todos que cometeram crimes em Mâncio Lima irão receber a visita da Polícia Civil, pois a Lei e a Ordem é que vão imperar nesta cidade”, frisou José Obetânio.

Ascom/Polícia Civil

COMPARTILHAR