Homem diz que ficou 8 dias refém de fugitivos acreanos do RN e gastou R$ 500 em comida

A polícia identificou um endereço em que os fugitivos da penitenciária federal de Mossoró se esconderam, perto da divisa entre o Rio Grande do Norte e o Ceará, após localizar um responsável por levar comida aos foragidos. O mecânico Ronaildo da Silva Fernandes, 38, diz que a família estava sendo refém.

De acordo com Fernandes, ele, a esposa e o bebê ficaram quase oito dias sob o poder dos criminosos. Ele afirma que gastou R$ 500 em comida para os foragidos durante o período.

“Ameaçaram minha família”, diz. “Gastei pouco, foi na faixa de R$ 400 e pouco, R$ 500, por aí. Não foi muita coisa não.”

O mecânico também deu essa versão aos policiais. De acordo com ele, a família foi rendida pelos bandidos enquanto dormia, no período da noite. As autoridades estão investigando se ele era realmente uma vítima na situação.

COMPARTILHAR