Homem que esqueceu senha tem apenas duas tentativas para reaver fortuna de R$ 1,1 bilhão

Um investidor alemão em criptomoedas poderia estar com uma fortuna de cerca de R$ 1,1 bilhão se não tivesse esquecido sua senha Bitcoin em 2011.

Radicado em São Francisco (Califórnia, EUA), Stefan Thomas perdeu um pedaço de papel vital com sua senha há uma década e não conseguiu recuperar suas economias desde então. Ele tinha recebido 7.002 Bitcoins em 2011, que agora valem uma fortuna.

Mas está tudo trancado em um disco rígido protegido por senha num hard drive chamado IronKey. Nele, se você esquecer a sua senha, você terá apenas 10 tentativas antes que a carteira digital seja bloqueada para sempre. Stefan já usou oito das suas 10 tentativas para recuperar a sua conta na última década.

Para complicar a situação, o investimento em 7.002 Bitcoins disparou impressionantes 19.900% desde que ele perdeu a senha.

O alemão planeja manter seu IronKey em local seguro até encontrar uma maneira de quebrá-lo. No início deste ano, ele confessou que esquecer a senha o fazia se sentir um completo idiota”. Em conversa com o “New York Times”, Stefan revelou que seu esquecimento o levou a noites sem dormir e dúvidas.

“Eu estava absolutamente desesperado. Não consegui dormir durante noites. Até sofri de depressão”, contou ele ao “Berliner Zeitung”. “Mas muito pior do que a perda do dinheiro foi minha autocensura: eu simplesmente não conseguia acreditar que havia perdido algo tão importante. Eu me sentia um completo idiota, minha autoestima estava no porão. Houve brincalhões que me perguntaram: você já tentou ‘senha’?”, completou ele.

“Recebi todos os tipos de ofertas bizarras: várias pessoas com capacidades de canalização entraram em contato e também um profeta da Croácia. Por outro lado, também houve alguns especialistas em tecnologia e empresas de recuperação de dados que me ofereceram apoio”, continuou o alemão.

Stefan não está sozinho nesse drama financeiro. Muitos comerciantes de Bitcoin perderam o acesso às suas fortunas, com cerca de RS 620 bilhões bloqueados online.

COMPARTILHAR