Moradores de duas comunidades rurais de Mâncio Lima passarão a usar CEP do município

A comunidade Pentecostes, distante cerca de 40 quilômetros do centro de Mâncio Lima faz parte do território do município e, mesmo tendo seus limites demarcados por lei os moradores enfrentava um problema antigo, a conta de luz e o Código de Endereçamento Postal (CEP) pertenciam a cidade de Cruzeiro do Sul. Além da comunidade citada o Belo Monte também estava incluído no mesmo código o que gerou sérios problemas para quem precisava acessar os benéficos do Governo Federal e o acesso ao CadUnico.

“Este era um problema antigo e que há muito tempo eu já vinha reivindicando dos órgãos responsáveis a correção deste erro. Pentecostes e Belo Monte são legalmente do território de Mâncio Lima, os limites são muitos definidos cabendo aí a mudança do código para o que as pessoas de Mâncio Lima usam. Estou satisfeito com o empenho da Energisa e da Prefeitura de Mâncio Lima para a correção deste problema trazendo mais tranquilidade a nós moradores destes ramais”, disse Zeca do Pentecostes, Vereador.

Em uma reunião realizada com a presença da Energisa, Gerência Fundiária de Mâncio Lima e o Vereador Zeca do Pentecostes, principal autor da reivindicação, ficou acertada que, a partir do mês de fevereiro deste o talão de luz já virá com o endereço do Município.

 

Assessoria de Comunicação Social

Jenildo Cavalcante

Imagens: Gerência Fundiária

COMPARTILHAR