Conheça o país onde sobra TRABALHO, os salários são ALTOS e falta trabalhador

Antes de tudo, a Austrália é um país localizado na Oceania, ao sul do continente asiático. É o sexto maior país do mundo em termos de área e tem uma população de cerca de 25 milhões de pessoas. A maior parte da população vive nas cidades costeiras, com a maior cidade, Sídney, localizada na costa leste do país.

A capital da Austrália é Canberra, que fica no sul do país. A economia da Austrália é baseada principalmente na mineração, agricultura, turismo e serviços financeiros. Apesar de pagar altos salários e ter vagas de sobra, a Austrália não consegue atrair trabalhadores. Saiba mais no texto abaixo.

Seja como for, salários na Austrália são muito acima da média

O país é rico em recursos naturais, como ouro, carvão e gás natural, e é um importante exportador de produtos agrícolas, como trigo, lã e carne. A cultura da Austrália é uma mistura de influências britânicas, europeias e indígenas.

A música, o teatro e o cinema são importantes na cultura australiana, assim como esportes como críquete, rugby, futebol australiano e surf. A gastronomia australiana é bastante diversificada, com uma mistura de influências culinárias de diferentes culturas. Alguns pratos típicos australianos incluem churrascos, peixe e batatas fritas e pavlova (um bolo de merengue com frutas).

A política de imigração da Austrália é bastante restritiva. O país tem um sistema de pontos para determinar quem pode entrar no país e trabalhar. Os imigrantes precisam atender a certos critérios, como ter habilidades profissionais específicas e falar inglês, para obter uma permissão de trabalho. A Austrália também tem um programa de refugiados, mas o número de refugiados que o país aceita é limitado.

Mercado de trabalho

Apesar de tantas coisas boas a dizer sobre a Austrália, faltam trabalhadores por lá. A Austrália está atualmente passando por uma enorme crise de pessoal. Os agricultores, por exemplo, pagam cerca de £ 300 por dia (mais de 1900 reais) para colher frutas.

Há até casos de restaurantes e cafés que não podem abrir todos os dias por falta de funcionários. Uma em cada três empresas diz que precisa contratar funcionários. A grande culpada é, mais uma vez, a pandemia criada pela pandemia de Covid-19.

A maioria dos migrantes, que assumiram a maior parte dos trabalhos de bufê, voltou para seu país. Há uma grande oferta de emprego em toda a zona costeira da capital. E os salários são muito bons.

A saber: crise de pessoal pode causar mudanças

De acordo com a Sky News, o governo australiano está considerando mudar a política de imigração para atender às necessidades da economia e permitir a entrada permanente de 35.000 migrantes. Há também escassez de trabalhadores qualificados. Por isso, as empresas procuram trabalhadores em hospitais, escolas, construção civil e indústria automotiva.

Existem várias maneiras de imigrar e tipos de vistos para, mas quando se trata de vistos de trabalho, geralmente é necessário atender a alguns requisitos do governo australiano: ter menos de 45 anos; profissão deve estar na lista de requisitos do governo (MLTSSL); ter experiência na área; diploma verificado com uma autoridade específica aqui no Austrália e provar proficiência em inglês.

Lembre-se de que esses são pré-requisitos gerais e estão sujeitos a alterações ou incrementos dependendo de cada estado, no caso de visto regional. Cuidado: não existe uma lista uniforme e eles são muito complexos de entender, por isso sempre recomendo que você procure aconselhamento profissional.

COMPARTILHAR