Mesmo com sucessivas quedas, gasolina vendida no Acre segue a mais cara do Brasil

Mesmo após sucessivas quedas que culminam com a redução de mais de R$2 o litro da gasolina vendido no Acre ainda é o mais caro do Brasil, segundo o novo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgado na noite desta sexta-feira (20).

O preço médio de revenda nos postos de Rio Branco, por exemplo, é de R$ 5,76, mais alto que o praticado por antigos “concorrentes” do Acre no ranking dos combustíveis mais caros, como o Rio de Janeiro, onde a gasolina comum é comercializada R$ 5,44.

Na capital do Acre, a gasolina foi vendida, em seu valor médio, a R$ 5,90 no dia 31 de julho, data em que começou a vigorar a redução concedida pela Petrobras no preço de revenda da gasolina.

Na segunda-feira passada (15/8) a Petrobras anunciou nova redução do valor do litro da gasolina vendida a distribuidoras de R$ 3,71 para R$ 3,53, uma queda de R$ 0,18 por litro que está há dois dias sendo aplicado pelos postos de Rio Branco.

FONTEAc24horas
COMPARTILHAR