Flamengo derrota o Corinthians em São Paulo e fica próximo da semifinal da Libertadores da América

Rubro-negro fez 2 a 0 na Neo Química Arena, e pode perder por até um gol de diferença para se classificar na Libertadores

O Flamengo continua em ótima fase e deu um largo passo rumo às semifinais da Libertadores ao vencer o Corinthians, pelo placar de 2 a 0, na noite desta terça-feira (2), na Neo Química Arena, casa do adversário. Os gols foram marcados por Arrascaeta e Gabriel Barbosa.

Agora, o Flamengo pode perder por um gol de diferença para garantir a classificação para as semifinais, em jogo que será disputado no Maracanã, na próxima terça (9). O Corinthians precisa vencer por três gols de diferença para se classificar. Vitória por dois gols leva aos pênaltis.

Próximos jogos

O Corinthians vira a chave e, no final de semana, enfrenta o Avaí, no sábado (6), às 19h (de Brasília), na Ressacada, em Florianópolis (SC), pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Já o Flamengo encara o São Paulo, no Morumbi, na capital paulista, no mesmo dia, mas, às 20h30.

Flamengo na frente

O jogo se iniciou com o Corinthians tendo mais chances, com Mosquito e Yuri Alberto, que assustaram Santos, mas, a partir da segunda metade da etapa, o Rubro-negro passou a ter o controle do jogo, sem ser pressionado pelo Timão. Pedro e Arrascaeta tiveram boas chances, mas pararam em Cássio. O uruguaio, no entanto, não desperdiçou aos 36, com um belíssimo chute no ângulo, para abrir o placar. O Corinthians pediu toque de mão em João Gomes, mas o gol foi validado.

No segundo tempo, o técnico Vitor Pereira colocou Roger Guedes e Giuliano, para tentar melhorar na parte ofensiva, e até conseguiu criar oportunidades. O problema, no entanto, foi lá atrás. Aos cinco, Rodinei fez bela jogada, passou por Vera e achou Gabriel Barbosa, que, se aproveitando de falha de Balbuena, bateu no ângulo de Cássio para fazer 2 a 0. No restante da partida, o Flamengo ficou mais próximo do terceiro gol do que o Corinthians de diminuir o placar, levando uma grande vantagem para o jogo de volta.