Em ataque de euforia, Jorge Viana diz que rondonienses tinham inveja do Acre quando ele governava

O ex-senador Jorge Viana disse nesta segunda-feira (28) durante o Gazeta Entrevista, da TV Gazeta, apresentado pelo jornalista Itaan Arruda, que os rondonienses tinham inveja do Acre na época em que ele era governador, entre 1999 e 2006.

“O pessoal de Rondônia tinha inveja do Acre. Eles vinham aqui e viam essa cidade com parques, com Gameleira, com Novo Mercado Velho, com essas duplicações, com Via Chico Mendes, anel viário, Via Verde, acesso ao aeroporto, os caras ficavam encantados”, disse.

A afirmação de Jorge Viana foi feita em resposta à pergunta de um internauta e telespectador que o indagou sobre o atraso no desenvolvimento do Acre em seu governo em comparação a outros estados do Norte como Rondônia.

O petista informou que durante seu governo o Acre teve uma evolução significativa do PIB e que com projetos e programas de desenvolvimento com apoio do governo Lula, à época, foram criados 50 mil empregos na economia local em vários setores, sobretudo na construção civil.

“O Acre tinha um PIB de um R$ 1, 6 bilhão quando eu assumi o governo. Quando eu passei deixei de quase R$ 6 bilhões de PIB pro Binho. Antes de eu assumir os professores não tinham formação de nível superior, mais de dois mil. Aí nós botamos a Ufac, fiz um convênio, formamos todos os professores do Estado, todos os professores de todos os municípios, rurais e indígenas, isso significa que o professor que ganhava menos de um salário mínimo quando eu assumi, depois passou a ganhar R$ 1.200 naquela época. Nós saímos dos últimos salários do Brasil naquela época para ficar entre os três maiores salários do Brasil na área da educação disputando os primeiros lugares. Mais do que isso: nós conseguimos fazer um programa de geração de emprego e investimentos que nós geramos do período que eu fui governador, oito anos, a gente gerou mais de 50 mil empregos com carteira assinada naquele período, não no governo, mas na economia.”