Flamengo define alvo para substituir Kenedy, que foi para o Chelsea

Antes de mais nada, o Flamengo planeja utilizar a redução de sua folha salarial para acertar a contratação de Yeferson Soteldo, do Toronto FC, do Canadá. A ideia da diretoria é direcionar os recursos economizados com a saída de Kenedy para investir no venezuelano de 24 anos.

O site ‘Torcedores’ apurou que o Flamengo vai deixar de gastar R$ 8,5 milhões com a saída de Kenedy. O “pacote” contempla seis meses de salários, direitos de imagem, bonificações por produtividade e a segunda parcela do empréstimo junto ao Chelsea.

O vice-presidente de futebol Marcos Braz e o diretor executivo Bruno Spindel iniciaram conversas com o empresário Fernando Felicevich a fim de obter informações para tentar viabilizar uma possível proposta. Publicamente os dirigentes negam qualquer interesse no jogador. Entretanto, o Flamengo espera que Soteldo consiga rescindir seu contrato por causa de pendências financeiras.

Ainda segundo apurou a reportagem, o Flamengo ainda pretende realocar os valores suprimidos nas transferências de Piris da Motta, Hugo Moura e Vítor Gabriel para completar o montante que será ofertado a Soteldo. Afinal, o ex-camisa 10 do Santos é tratado como principal alvo do clube nesse momento.

Kenedy era dono de um salário alto para um jogador considerado reserva no elenco. O atacante recebia R$ 750 mil por mês. Dessa forma, ocupava uma posição de segundo escalão na folha do departamento de futebol juntamente com outros jogadores como Diego Alves e Diego Ribas.

É importante esclarecer que esse dinheiro não significa que há, no momento, verba para um alto investimento. Pelo contrário, o Flamengo irá respeitar o planejamento desta temporada. Solteldo, em outras palavras, terá de se enquadrar a realidade financeira do clube.