Corpo de idoso é achado em estado avançado de decomposição dentro de apartamento em Rio Branco

O corpo do idoso Gilberto Tadeu da Cunha Soares, de 73 anos, foi achado em estado avançado de decomposição, na tarde desse domingo (22), no Bairro Vila Ivonete, em Rio Branco, dentro de um apartamento.

A suspeita, segundo informações obtidas pela Rede Amazônica no Instituto Médico Legal (IML), é de que ele tenha morrido na sexta-feira (20) e nesse domingo (22), os vizinhos sentiram o mau cheiro e acionaram a polícia, que foi ao local e resgatou o corpo.

O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) informou que uma vizinha do apartamento sentiu o odor, depois disso o responsável pelo imóvel abriu a porta e encontraram o idoso morto e a polícia foi acionada.

As informações iniciais são de que o idoso não tem família no Acre e ele estava no estado desde junho fazendo palestras em uma igreja. O IML informou que não foram encontradas lesões no corpo dele e o laudo aponta causa da morte indeterminada.

O Instituto tenta encontrar familiares do idoso que tem RG de São Paulo, para poder liberar o corpo.

 

Por G1AC

COMPARTILHAR