Após buscas e protesto na ponte, motorista de aplicativo aparece e diz que estava na colônia

 

O motorista de aplicativo, Thalys Bruno da Silva de Souza, que estava desaparecido desde às 11 horas desta última sexta-feira, 9, reapareceu na manhã deste sábado, 10, em Rio Branco. Segundo informações da jornalista Lilian Camargo, o motorista de aplicativo estava em uma colônia, sem sinal de telefone.

Mais cedo, um grupo de motoristas de aplicativos fechou a ponte Juscelino Kubitschek, no centro da capital, cobrando da Segurança Pública do Estado notícias acerca do paradeiro do colega.

Thalys havia “desaparecido” na manhã de sexta-feira, 9, após ser visto indo realizar uma corrida na Cidade do Povo. Ele dirigia um Voyage de cor branca, placa PQY – 5898, mas não havia retornado para o 1º Distrito da capital.

A falta de notícias em relação ao seu paradeiro movimentou as redes sociais na sexta-feira, 9, e no sábado (10). Muitos achavam que Thalys poderia ter sido vítima de um sequestro em razão de ter aceito uma corrida na Cidade do Povo.

 

Via Ac24horas

COMPARTILHAR