Frio leva morador de rua a se abrigar em caixa eletrônico no centro de Rio Branco

 

A onda de frio que assolou a região nos últimos dias causou danos entre a população em situação de rua. Sem abrigos e sem a quem recorrer, homens e mulheres tiveram que procurar locais onde o frio fosse menos intenso e um desses locais foi um caixa eletrônico do Banco do Brasil, no Centro da cidade.

Até às dez horas da manhã desta quinta-feira (1), um homem dormia no chão, mas agasalhado com um cobertor, no prédio onde funcionou o antigo Banco do Estado do Acre (Banacre), na Rua Benjamim Constant.

Sob o cobertor, o homem não quis mostrar o rosto mas revelou a quem o indagou o motivo de ter ido parar ali, ele respondeu: “O frio, meu irmão. Não vim aqui tentando roubar, vim me proteger do frio”, disse.

A previsão do tempo estabelece que as noites na região, mesmo que o sol tenha saído nas últimas horas, continuarão muito frias para o padrão acreano, estado de clima quente e úmido. Por isso, com a facilidade de acesso aos caixas eletrônicos, cujas portas não são trancadas, os moradores de rua continuarão a procurar abrigo nesses locais.

COMPARTILHAR