URGENTE: corpo de caminhoneiro desaparecido é encontrado em cova rasa em Rio Branco

Na manhã desta sexta-feira (28), agentes da Delegacia de Combate à Roubos e Extorsões (DCORE) da Polícia Civil localizaram no Loteamento Praia de Amapá em uma cova rasa um corpo que supostamente é de Francisco Alves Maia, de 56 anos, que trabalhava como freteiro e desapareceu na tarde da última segunda-feira (24), quando saiu de casa após receber um chamado para um frete.

 

Segundo informações, os agentes receberam uma informação falando que o corpo de um homem estava em uma área de mata próximo a uma torre de energia elétrica e compareceram até o local.

A família registrou um boletim de ocorrências na Dcore na manhã de terça-feira (25). Ao iniciar as investigações e com a ajuda das câmeras de monitoramento da Segurança Pública, os investigadores teriam visto imagens do caminhão de Maia na cidade de Epitaciolândia.

A filha de Francisco, Ana Paula, de 30 anos, informou à polícia que a viagem do pai seria curta porque ele pediu para que a esposa o esperasse arrumada que na volta eles iriam ao supermercado. Ela afirmou que o pai avisaria à família se tivesse que ir até o interior.

Nesta quinta-feira (27), colegas de profissão chegaram a fechar a ponte pedindo mais rigor nas investigações. Para a polícia, o motorista foi chamado para uma emboscada, após receber o telefonema de uma mulher, ao chegar no local, foi abordado e mantido em sequestro, até que os criminosos decidiram assassiná-lo.

 

Fonte: Corrreio 68

 

COMPARTILHAR