Avô que estuprou 3 netas e engravidou uma de 13 anos é transferido para Cruzeiro do Sul

O idoso de 73 anos acusado de estupro por uma neta de 13 anos em Marechal Thaumaturgo será transportado para Cruzeiro do Sul nessa quinta-feira, 18, quando será ouvido pelo delegado Heverton Roberto Bandeira de Carvalho. Em seguida, ele irá para o Complexo Penitenciário Manoel Neri. “Foi feita uma primeira oitiva lá em Marechal Thaumaturgo e Porto Walter, mas será realizada outra aqui”, afirma o delegado.

A menina,  que está grávida do avô,  conta que  o idoso abusa dela desde os 6 e afirma que ele   também teria estuprado outras duas irmãs dela, de 6 e 10 anos.  A vítima relatou que era ameaçada de morte pelo avô, caso contasse sobre os abusos. Ela terá o acompanhamento de uma psicóloga.

Em depoimento à polícia em Marechal Thaumaturgo, o homem confessou o abuso contra a neta de 13 anos, que está grávida de 2 meses,   mas negou ter estuprado as outras duas netas.

A família mora na Comunidade Triunfo, zona rural de Marechal Thaumaturgo, e a mãe da garota denunciou o caso a um servidor do Instituto Chico Mendes (ICMbio), que acionou a polícia.

Desespero

A garota mostrou desespero ao relatar a situação.  Ela  morava com os avós maternos desde os três anos e com a recente morte da avó,  os abusos aumentaram.  A mãe dela mora próximo ao local, mas mesmo depois da morte da avó,  a menina seguiu vivendo com o avô e um tio.  Com a falta da menstruação,  ao perceber que estava grávida do avô, a menina relatou o estupro dela e das outras 2 irmãs a mãe, que relatou o fato ao servidor do ICMBio,  que acionou a polícia.

Fonte : Ac 24 horas

COMPARTILHAR