Vereador de Porto Walter é contrário à criação de novos cargos comissionados e aumento com gastos em diárias da prefeitura

O vereador Da Cruz Dias (PROS) usou seu espaço na rede social para reiterar o seu discurso feito na última sessão legislativa na Câmara Municipal de Porto Walter. Da Cruz se mostra contrário aos projetos do executivo em aumentar gastos na criação de cargos comissionados e diárias do prefeito e seus assessores.

Confira na integra a mensagem do parlamentar:

Meus amigos na noite de ontem dia 11/03/2021 tivemos mais uma sessão na Câmara Municipal onde foram debatidos alguns projetos. Sempre prezei pela verdade dos fatos , então estarei aqui expondo cada projeto.
Projeto de lei número 352/2021 de autoria do executivo municipal que trata da estrutura organizacional da administração onde readequa alguns cargos comissionados e criam outros. No projeto está estrutura de quase 250 cargos comissionados que variam o valor mínimo de R$ 1100,00 até R$ 5000,00. Cargos esses que se contratados custarão aos cofres da prefeitura aproximadamente R$ 380 mil reais por mês. Inadmissível tudo isso. Portanto nesse projeto votei NÃO.
Outro projeto apresentado foi o de número 353/2021 que estipula os valores de diárias dos funcionários da prefeitura. Inaceitável e vergonhoso o executivo mandar pra a Câmara Municipal um projeto aumentando os valores de diárias do prefeito para 560, vice 420, secretários 392 e demais funcionários nesse momento de pandemia, enchentes, de alta nos preços da gasolina, gás, carne e diversos outros produtos. Não basta o gordo aumento que tiveram no fim da gestão passada de 61% para o prefeito chegando a 12800 reais, de 53 % para o vice chegando 8600 reais e de 60% para os secretários chegando a 6400 reais, sendo que esse grande escalão custará aos cofres da prefeitura a bagatela de aproximadamente 100 mil reais por mês. DUAS DIÁRIAS DO PREFEITO DÁ PRA PAGAR UM MÊS DE SALARIO DE UMA PESSOA QUE TRABALHA NA COLETA DO LIXO OU QUATRO DIARIAS PAGA UM PROFESSOR. Nesse projeto do aumento das diárias votei NÃO.
O projeto de lei número 354/2021 trata de um leilão com bens do município. Acredito que existam alguns bens que precisam serem leiloados outros não. Tem bens que estão com três ou quatro anos que foram adquiridos e já não servem mais, já estão em desuso. Isso Só mostra o descaso da gestão com o bem público. Então nesse projeto por entender que alguns precisam serem leiloados e outros não. Eu me abstive.
Um projeto de autoria da Câmara foi o de número 018/2021 que suspende os efeitos da lei 349/2020 onde concedia aumento aos vereadores de 150 reais. Respeitando o que diz o artigo 8 da lei complementar número 173/2020 que ficam proibidos até 31 de dezembro de 2021 conceder vantagens, aumentos, reajustes ou readequação de remuneração/ criar cargos/ alterar estrutura de carreira votei SIM para retirar o aumento que teve.
Tinha um projeto de minha autoria que dava o nome ao Posto de Saúde na rua Mamed Cameli, próximo ao AEROPORTO de MARIA ZEINAR GOMES BEZERRA, mas infelizmente não foi posto em votação e sim uma indicação outro vereador pro mesmo local que foi acatada de ESTEPHAN BARBARY. LAMENTAVEL A ATITUDE DA PRESIDÊNCIA DE NAO COLOCAR EM VOTAÇÃO MEU PROJETO.
Do mais foi um resumo do que houve na sessão de ontem.

Abraços fiquem com Deus.

VEREADOR DA CRUZ DIAS

COMPARTILHAR