Polícia Federal investiga possíveis fraudes no recebimento do auxílio emergencial em Cruzeiro do Sul

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira, 15, em Cruzeiro do Sul, a Operação ÓFELOS, que investiga possíveis fraudes no recebimento do auxílio emergencial no município. Nesta ação, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão na casa dos suspeitos.

A Polícia Federal recuperou uma motocicleta roubada que estava na casa de um dos acusados.

“O objetivo é desarticular ações que causam graves malefícios ao programa assistencial e, por consequência, atingem a toda a parcela da população que necessita dos valores. Importante destacar à população que todos os pagamentos indevidamente realizados são objeto de análise por parte da Polícia Federal e das demais instituições integrantes da EIAFAE. Portanto, se orienta fortemente àqueles que requereram e receberam as parcelas não preenchendo os requisitos do Art. 2º da Lei nº 13.982/2020 que realizem a devolução dos valores, sob pena de estarem passíveis de ter sua ação objeto de investigação criminal”, disse a assessoria da PF em nota.

A polícia investiga possíveis pagamentos indevidos e tentativas de cadastramento irregulares. O nome da Operação faz alusão a expressão grega “ÓFELOS”, que significa “benefício” em Grego, haja vista que a dupla envolvida nos mandados eram os beneficiados de fraudes nos pagamentos de auxílio emergencial (Lei 13.982/2020), constantes da Base Nacional de Fraudes ao Auxílio Emergencial – BNFAE.

(Juruá em Tempo)

COMPARTILHAR